A ansiedade é um grande problema no início de qualquer negócio. Por isso, listamos 8 erros do Gestor Virtual que está começando a conquistar seus primeiros clientes para que você possa evitá-los.

Como funciona o trabalho de um Gestor Virtual

A Gestão Virtual é uma área do setor de prestação de serviços que assume a responsabilidade pelas tarefas mais burocráticas de uma empresa. O trabalho é todo desenvolvido de forma remota, por meio de softwares e da internet.

A gestão ou administração virtual é uma necessidade de muitas empresas, que cresce diariamente. Suas tarefas são diversas e variam conforme os ramos de atuação de cada organização.

É possível responder e-mails, cuidar de agendas, realizar atendimento, controlar todo o setor financeiro da empresa, além de gerenciar várias áreas de um negócio. O objetivo é otimizar o tempo para que o dono da empresa foque em outras estratégias.

Portanto, é uma forma de trabalho que confere diversos benefícios, tanto para o cliente quanto para os profissionais independentes. Sendo esse, um dos principais motivos para surgirem novos interessados diariamente.

Porém, no começo do negócio, o gestor virtual acaba cometendo alguns deslizes que podem prejudicar o seu desempenho e, consequentemente, a sua carreira. Para evitá-los é bom você conhecer cada um deles.

Principais erros do Gestor Virtual no começo de carreira

Se você está começando agora seu negócio como gestor virtual é preciso conhecer alguns dos principais erros cometidos pelos iniciantes da área. Para te ajudar, separamos uma lista com alguns desses erros, com explicações e formas de evitar que isso aconteça! Confira!

1. Não se formalizar

Esse primeiro erro é, inclusive, um dos mais sérios. Ao trabalhar com a gestão Virtual você vai se tornar um prestador de serviços, trabalhando muitas vezes para empresas com longos anos de mercado.

Se você for um profissional informal, pode acabar perdendo alguns clientes e também pode ser impedido de crescer da forma como gostaria. Ter um CNPJ, além de mostrar profissionalismo te permite emitir nota fiscal, abrir contas jurídicas, realizar empréstimos e muito mais!

Esse é um dos erros do Gestor Virtual que você não pode cometer. Se o problema for em relação aos impostos, saiba que é possível abrir um MEI (caso seu rendimento anual se enquadre nos requisitos da categoria), já que possui taxas reduzidas e todos os benefícios que um CNPJ pode trazer para o seu negócio.

2. Não ter uma área de atuação definida

Para ser bem sucedido na carreira de gestor virtual você não pode cometer o erro de não definir a sua área de atuação, ou melhor, o seu foco em relação aos seus clientes. O seu discurso como gestor precisa estar alinhado com os serviços que irá prestar e com os clientes que deseja atrair.

Tanto suas estratégias de captação e marketing quanto os seus estudos e especializações dentro dessa profissão devem ser voltados para a sua área de atuação. Não adianta querer oferecer serviços para todo e qualquer tipo de cliente se você não possui conhecimento em todas as áreas.

3. Não construir um plano de negócios

Outro erro do gestor virtual é não se considerar uma empresa e, consequentemente, não ter um plano de negócios definido. Metas a curto, médio e longo prazo são fundamentais em qualquer área.

Estabelecer onde gostaria de chegar com o seu trabalho, em quanto tempo e quais as atitudes que precisam ser tomadas para fazer isso acontecer é fundamental para o seu crescimento. Planejar o seu futuro te ajuda a ver com mais clareza o que precisa ser feito para chegar lá e também te dá maior motivação para as suas tarefas.

4. Falta de planejamento

O planejamento é imprescindível em qualquer negócio e não deve ser um erro do gestor virtual. Além de planejar as metas e objetivos do seu negócio, como uma empresa, é preciso também planejar as tarefas a serem realizadas no dia a dia.

Organizar cada um dos seus clientes, as tarefas, prazos, valores, entre outras informações, faz parte da rotina do Gestor Virtual. Dessa forma você evita confusões e atrasos, além de demonstrar o seu profissionalismo e responsabilidade.

5. Desorganização financeira

Independente de quem você é ou o que você faz, se organizar financeiramente é fundamental para a prosperidade e para evitar possíveis problemas e imprevistos. Se você quer gerenciar as atividades de alguma empresa é preciso primeiro saber gerenciar o seu dia a dia e, inclusive, a sua área financeira.

É preciso ter uma ideia ampla dos gastos de seu próprio negócio, como contas de telefone e internet, gastos para a compra de dispositivos, impostos da sua empresa, entre outros. Não adianta apenas ficar contando o lucro.

Com isso, você pode tanto precificar melhor o seu serviço quanto construir economias e estar preparado caso não obtenha o retorno esperado pelas suas metas. Se organizar com a ajuda de uma planilha e aplicativos de banco é uma ótima forma de começar.

Além disso, não se deve misturar a conta pessoal com a empresarial. Tirar dinheiro do caixa para contas pessoais e vice versa pode acabar prejudicando o crescimento do negócio e o pagamento das contas básicas. Para evitar, é preciso estabelecer um limite de retirada, referente ao seu “salário” mensal.

6. Ausência de inovação e aprimoramento

O mercado das tecnologias está em constante expansão e é muito comum se deparar com coisas obsoletas. Para atrair novos clientes e manter os que já possui, é imprescindível estar a par dessas atualizações e saber como implementá-las na sua prestação de serviços.

Fazer isso acontecer é estar em constante estudo e em contato com especialistas e produtores de conteúdo da sua área. Sendo assim, invista em treinamentos, cursos, palestras que podem agregar no seu trabalho.

7. Não se divulgar para se posicionar no mercado

Como você espera conseguir trabalhos como gestor virtual sem se posicionar e permitir que seus clientes te encontrem? Atualmente, apenas a indicação pode não ser suficiente para te garantir um bom retorno mensal.

Dessa forma, é preciso criar estratégias para alcançar esses clientes e também estar sempre realizando networking e atualizando seus contatos. Invista no seu marketing pessoal, crie redes sociais e acredite no potencial do seu negócio!

8. Acreditar que tudo acontece de uma hora para outra

Você não vai acordar um dia com uma cartela de clientes e com muito dinheiro na conta. A sua carreira como gestor virtual é um negócio e empreender requer paciência, planejamento e tentativas.

Você pode errar muito durante a sua trajetória, enfrentar diversas dificuldades e perder clientes. Saiba que nem tudo vem fácil. Porém, você não pode desistir. Por isso, é importante continuar persistindo e aprendendo com os erros até alcançar o seu sucesso.

Sabendo quais são os 8 erros do Gestor Virtual fica mais fácil evitá-los para não prejudicar o seu negócio. Aproveite esse post para seguir o blog nos mais diversos canais de redes sociais. Estamos presentes no Facebook,Instagram,Twitter,Linkedln,Youtube,Pinterest eTelegram.